LOADING

Flat Lay: O Que É e Como Usar Essa Tendência No Instagram

Controle de Projetos, Tarefas, Clientes e Colaboradores

Img
Img

[ad_1]

Já ouviu falar em flat lay?

Talvez a expressão não lhe pareça familiar, mas tenho certeza de que você já se deparou com esse que é um tipo de foto.

Vale especialmente se você usa o Instagram.

Sabe aquelas imagens super descoladas, atraentes e registradas de cima?

Parece um movimento espontâneo, mas a verdade é que existe toda uma organização entre os objetos para deixá-los harmoniosos e agradáveis para quem vê.

É claro que não é exatamente uma técnica que surgiu no Instagram, sendo quase tão antiga quanto a própria fotografia.

Mas dá para dizer que os usuários dessa rede social a reinventaram.

O efeito é tão bacana que tem se popularizado enormemente nos últimos anos.

Tanto é assim que, hoje, vem sendo um método usado por blogueiros e empresas do mundo inteiro para chamar a atenção da sua audiência.

Se você ainda não começou a explorar o potencial da flat lay para alavancar os seus resultados, chegou a hora de aprender a deixar o seu feed ainda mais atraente.

E é esse o objetivo do artigo que você está lendo.

Vamos começar, então?

O que é flat lay?

o que é flat lay

Flat lay é uma técnica de fotografia que consiste em clicar objetos “de cima” (90 graus), estando eles alinhados ou estrategicamente espalhados em uma superfície plana.

Esses arranjos podem ser desde mais despojados até milimetricamente ajustados. Tudo vai depender da ideia que queremos passar.

Nesse tipo de foto, é importante contextualizar um produto ou uma ação dentro de todo um cenário preparado para tanto.

Os temas são construídos respeitando toda uma harmonização entre fatores como cores, ambiente, valores da marca e por aí vai.

E o ser humano adora um recurso visual, não é mesmo? Basta pensar sobre como é agradável acessar um site com interface organizada, agradável e clean.

A nossa experiência de usuário agradece.

Com as fotos no Instagram e nas demais redes sociais, o pensamento é o mesmo.

E o resultado fica super original, despretensioso e, principalmente: ele conta uma história.

Geralmente, quem olha para esse tipo de foto é automaticamente estimulado a se imaginar em determinados lugares, como ao fazer certas ações ou usar alguma roupa ou acessório, por exemplo.

Acima de tudo, são fotos que brincam com a nossa criatividade e, ao mesmo tempo, geram uma sensação de conforto.

Origem da flat lay

origem da tendência flat lay para fotos

Como comentei antes, fazer uma foto com um ângulo superior é uma técnica muito antiga.

Mas foi na década de 80 que ela passou a ser empregada mais regularmente.

Podemos dizer que esse modelo de organização fotográfico surgiu de forma despretensiosa pela primeira vez lá em 1987, com Andrew Kromelow.

Na época, ele trabalhava em uma loja de móveis e ferramentas nos Estados Unidos.

Como parte de sua rotina na loja, ele costumava organizar seus instrumentos de trabalho – como ferramentas – sobre a mesa e registrá-los do alto com uma câmera.

É claro que, na época, não havia telefone celular e tampouco Instagram, mas já dava para notar que esse tipo de arranjo tinha lá suas utilidades.

Uma delas era a de visualizar com facilidade todos os objetos, estimulando a identificação de cada um rapidamente.

Nascia, então, o conceito que ganharia o nome de “knolling”, usado até hoje para fazer referência ao flat lay e que carrega, literalmente, o sentido de “organizar objetos nos ângulos corretos”.

Porém, foi em 2009 que o escultor Tom Sachs achou que seria uma boa ideia expandir esse conceito dentro do âmbito artístico, adotando-o inclusive em seu portfólio.

E o negócio deu tão certo que se popularizou e acabou virando febre nas redes sociais nos últimos anos.

Vamos analisar exemplos desse tipo de foto?

Veja agora esta flat lay com produtos da Apple.

flat lay com produtos da apple

Repare que, neste caso, não é só o computador ou o case que estão sendo promovidos na foto, e sim, o prazer de sentar à sua frente, tomar um café e, então, quem sabe, trabalhar com muito mais energia.

Em vez de apenas um computador, você está vendendo conforto e produtividade.

No fim das contas, você impulsiona seus produtos mas também mexe com a imaginação dos usuários, instigando ações da parte deles.

É por isso que organizar objetos é uma verdadeira arte.

Uma mulher que goste de maquiagem e se depara com uma flat lay composta por vários elementos relacionados a esse tema, por exemplo, já consegue imediatamente se visualizar experimentando os produtos e fazendo o maior sucesso na balada.

flat lay para fotos de maquiagem

Por que utilizar fotos em flat lay para roupas

flat lay para fotos de roupas

Que o Instagram é o queridinho das marcas de roupas e blogueiras para a divulgação de produtos, não é nenhuma novidade.

Afinal, o Insta (para os íntimos) funciona como uma perfeita vitrine virtual.

E é por isso que a técnica de flat lay é tão utilizada por esse tipo de mercado.

É uma forma simples, bonita, criativa e barata de combinar looks e divulgar, a partir de um único clique, diversos produtos relacionados.

Além disso, a disposição dos elementos com o flat lay dá aos usuários a impressão de que os objetos ali são muito mais palpáveis.

É algo que gera, inclusive, aquela ideia de dar asas à imaginação de quem observa – o que não acontece com modelos humanos ou manequins estáticos.

Para entender melhor como esse modelo de organização de fotos pode se aplicar ao mercado da moda, vamos tomar como exemplo uma loja de roupas que está prestes a lançar uma nova coleção de verão.

Nesse caso, todo um look poderia ser montado a partir da perspectiva flat lay.

Para isso, bastaria posicionar estrategicamente no mesmo cenário itens como chapéu, óculos escuros, roupa de banho e uma sandália de praia, por exemplo.

Você pode ir além e acrescentar objetos decorativos para valorizar ainda mais a sua composição, como conchas, cores ou outros itens que remetam ao mar.

O resultado, então, seria mais ou menos este:

flat lay para artigos de praia

Veja que interessante como você sequer precisou de um modelo vivo para mostrar as suas peças, não é mesmo?

Além disso, fotos que contam uma história nos levam imediatamente a nos imaginar em lugares diversos, fantasiando inúmeras situações.

Será que funciona bem no seu negócio? Tenho certeza de que não custa experimentar.

Como fazer foto flat lay

passo a passo para tirar fotos flat lay

Agora que você já sabe o que é uma foto flat lay e quais as suas principais características, deve estar curioso para saber como elas são feitas.

Embora o grande segredo esteja na criatividade, existem algumas dicas que podem te ajudar a conseguir a flat lay perfeita.

Separei todas elas nos tópicos abaixo.

Confira!

Conte uma boa história

Recursos visuais são ótimos para estimular viagens no tempo e no espaço na imaginação das pessoas.

Por isso, aproveite os recursos que você tem para contar histórias e despertar emoções.

Um look montado de forma clean e elegante pode chamar a atenção daqueles que buscam reconhecimento profissional.

Já um arranjo mais praiano transporta nossos pensamentos para as tão sonhadas e merecidas férias.

Se o assunto for comida, nem se fala.

Nada como um bom estímulo visual para despertar a gula que há em nós, não é mesmo?

flat lat para fotos de comida

Repare que, na foto acima, ainda foi acrescentado o elemento humano interagindo na composição.

Essa também é uma técnica bacana que pode dar mais movimento e gerar mais identificação com o cenário, sem necessariamente tirar a atenção do objeto principal.

Não deixe de usar objetos que combinem entre si e formem um conjunto harmonioso.

O importante é usar a criatividade para transmitir às pessoas sentimentos positivos.

Luz

Se a iluminação é a chave para qualquer foto, com a flat lay, não teria como ser diferente.

Esse é um cuidado básico que vai fazer toda a diferença no visual da sua foto.

Portanto, pense bem no efeito que quer dar: a luz natural é sempre a mais recomendada.

Se quiser uma sombra mais leve em seus objetos, aproveite a luz da manhã ou a iluminação natural ao lado da janela da sua casa.

Mas, caso a ideia seja criar uma sombra mais forte, a luz artificial também é uma boa opção.

Paleta de cores

As flat lays são temáticas e harmoniosas.

Isso significa que as cores têm um papel muito importante na sua composição.

Por isso, que tal se aprofundar no estudo das cores e suas combinações?

Além de deixar sua foto mais bonita e agradável, esse aprofundamento pode ajudar a descobrir qual é a opção ideal para passar a mensagem certa.

Para começar a brincar com as cores, experimente esta ferramenta da Adobe para criar, compartilhar e explorar paletas para todos os temas e gostos.

Enquadramento

Seja para uma foto mais minimalista ou mais despojada, o enquadramento no flat lay deve ser uma das suas principais preocupações.

Afinal, se as fotos não são tiradas a 90 graus da superfície, não é uma flat lay, concorda?

Alinhamento e disposição dos objetos

Objetos alinhados passam a sensação de calma, organização e deixam a foto mais clean.

Mas não tem problema se quiser dar uma bagunçada (de leve, hein?) na composição.

Deixar alguns itens de fora do enquadramento, como se tivessem sido cortados da foto, dá um ar mais natural.

Além de deixar toda a composição mais descontraída, essa prática ainda ajuda a atrair a atenção do público para os objetos que realmente importam – e que estão, geralmente, mais centralizados.

Só não exagere na quantidade de itens para não deixar o usuário perdido, ok?

Aproveite para testar bastante a disposição dos objetos, colocando alguns de tamanhos de diferentes e sobrepondo-os para dar um efeito interessante.

Incluir itens meramente decorativos, como livros ou flores, também pode ser uma forma de deixar seu quadro muito mais bonito.

Melhor ainda se eles combinarem com o tema da composição, é claro.

Cores

Independentemente das cores que você escolha para o seu arranjo, certifique-se de que existe um padrão na foto.

Em linhas gerais, as cores devem ajudar a levar harmonia para a composição, tornando-a agradável para quem vê.

Fundo

Está aí outra etapa super importante.

Grande parte das flat lays são compostas por fundos neutros.

É uma escolha totalmente justificada, já que o objetivo é não tirar a atenção dos itens.

Para isso, você pode priorizar os tons mais clarinhos e lisos, e nem precisa de um estúdio para isso.

Nessas horas, lençóis servem muito bem.

Isso não significa, no entanto, que você não pode variar os tons vez ou outra para dar um toque especial nas suas fotos.

Formas geométricas como fundos hexagonais, por exemplo, também ficam super bacanas e nem por isso competem com os protagonistas da vez.

Apostar em outras texturas, como em mesas de madeira, mármore e até na grama, também pode ajudar a dar um toque especial no conteúdo.

Pedindo desculpas por ser repetitivo, preciso dizer de novo: vale muito usar a criatividade.

Perspectiva

Você não precisa necessariamente ficar engessado nos 90 graus da superfície para registrar as suas fotos.

Experimente variar levemente os ângulos e as simetrias.

Uma inclinada aqui, outra variação na diagonal ali e você pode criar um efeito bem legal.

Fotografe de cima

Quer uma dica? Use escadas ou bancos para obter um ângulo mais privilegiado dos objetos.

Quanto mais alto você se posicionar, maiores as chances de conseguir uma foto bacana.

Depois, se houver necessidade, dê uma editada nas fotos para que elas fiquem ainda mais alinhadas com as suas preferências.

Conclusão

Não resta dúvidas.

Quem tem um negócio online ou marca presença nas redes sociais precisa de imagens que vendem.

No Instagram, as flat lay já viraram febre e têm sido utilizadas por bloggers, celebridades e empresas para promover produtos, looks do dia ou simplesmente um estado de espírito.

Para o seu negócio, esse tipo de organização de objetos para as fotos são super eficientes para mostrar combinações dos seus produtos ao mesmo tempo que despertam sensações de conforto e identificação.

Neste artigo, eu falei sobre a técnica de flat lay, sua origem e dei várias dicas sobre como aplicar essa estratégia nas suas fotos do Instagram.

Por isso, não deixe de testar bastante, variar as combinações e buscar inspirações para você começar a trabalhar com esse novo estilo com o pé direito, combinado?

Com o tempo e experiência, a tendência é que você consiga criar fotos cada vez melhores.

Se você tiver alguma dica extra, aproveite para compartilhar aqui nos comentários.

Como você tem utilizado a foto flat lay na sua estratégia?

[ad_2]

Fonte do Post

Leave a Comment